50 tons de roxo

Batons com cores fortes foram destaque na semana de moda de Nova York e a tendência chegou com tudo ao Brasil, especialmente neste outono-inverno. Tons de vinhos, cerejas, vermelhos, marrons avermelhados, terracotas, laranjas e marrons são cores que mais combinam com o inverno brasileiro, afirmam os especialistas em moda.

Reprodução

Reprodução

Para usar essas tonalidades, deixando a boca mais forte é recomendado diminuir a intensidade dos olhos e da pele. Um batom muito escuro normalmente fica melhor numa maquiagem para a noite, mas dependendo do tom de pele da mulher, pode ser usado durante o dia também.

Para mulheres de pele branca e cabelo escuro, ele sugere tons de vermelho, cereja, framboesa e violeta. Peles brancas e cabelos claros ficam bem de framboesa, violeta e terracota. Para mulheres de pele morena e cabelos escuros, a aposta está nos vermelhos, terracotas, violetas e marrons. E para negras, vermelho, violeta, marrom escuro e preto.

Moda e autoestima, sem truques

Reprodução

Reprodução

Vestir-se com a confiança é mais do que usar a últimas tendências da moda, é ter olhar equilibrado e se sentir autoconfiante em todas as situações. Será que você acredita que algo tão simples possa melhorar seu dia?

A verdade é que, a forma com que as pessoas se vestem está relacionada ao modo como elas se sentem. Basta pensar em um momento em que você não estava bem, provavelmente puxou o que estava mais próximo e vestiu-se. Obteve um resultado normalmente ruim para sua imagem pessoal.

Quando estamos bem e com boa aparência, automaticamente tendemos a nos sentir mais valiosos. Quando nos sentimos bem, estamos mais propensos a ter mais energia e enxergar o mundo com outros olhos. Você pode aumentar a sua atitude, autoconfiança e se sentir bem sobre o que você está vestindo se você:

Conhecer a ocasião;
Conheça o seu público;
Conheça o seu estilo pessoal;
Conheça os efeitos das cores.

Arrase!

Copa do Mundo inspira looks especiais

Faltando menos de 20 dias para a Copa do Mundo, evento que promete movimentar o Brasil, muitas mulheres já andam pensando no que vão usar nos dias dos jogos. A camisa da seleção canarinho vai dar espaço para produções mais ousadas, pois a moda promete entrar em campo.

Reprodução

Reprodução

Assim, é possível ficar no ritmo das partidas, mas sem deixar de investir em looks incrivelmente personalizados. Que tal misturar as cores das bandeiras com composições que vão além do básico para acompanhar um jogo de futebol?

Reprodução

Reprodução

Os modelos são sempre aqueles que não abrem mão do conforto e do charme. O verde e o amarelo são o carro-chefe, mas, para quem quer sair do óbvio, o azul é a opção. A tonalidade já coloriu roupas, sapatos e bolsas há algumas temporadas e é a tendência atual.

Reprodução

Reprodução

Saúde do cabelo

hair-up-959022-m
Nossos cabelos passam por verdadeiras provações a todo tempo. Mudanças de tempo, químicas e muitos outros fatores podem enfraquecer os fios. Por isso, separamos 5 dicas para manter os cabelos fortes e saudáveis.

– Cabelos soltos já!A pressão exercida por rabos de cavalo e coques pode incentivar a queda;

– Massagear o couro cabeludo melhora a circulação e tonifica a fibra capilar;

– Hidratação e abuso dos produtos sem enxágue. Óleos, cremes e o leave-in dão uma ajudinha extra na hidratação capilar;

– Secador, chapinha e babyliss somente com protetor térmico;

– Frio e calor intensos ressecam a fragilizam os cabelos! Use gorro, chapéu e protetor solar sempre.

Dica de Leitura: Divergente

Uma história que virou filme e está fazendo muito sucesso de público e crítica!
imagem.dll
Divergente
Autor: Veronica Roth
Editora: Rocco
Sinopse: Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.